APOPTOSE NA LEISHMANIOSE EXPERIMENTAL MURINA: O MODELO DO CAMUNDONGO CBA

Resumo: Apoptose é um tipo de morte celular geneticamente regulada, com características morfológicas e bioquímicas específicas, essencial na organogênese e na manutenção da homeostase do organismo. Este evento celular também está envolvido na patogênese de diferentes doenças. Nas doenças parasitárias,

EFEITO DA SALIVA DE LUTZOMYIA LONGIPALPIS (DIPTERA: PHLEBOTOMINAE) SOBRE A RESPOSTA INFLAMATÓRIA EM CAMUNDONGOS BALB/C

Resumo: Os indivíduos que são continuamente expostos às picadas de insetos exibem uma seqüência regular de sensibilidade, iniciando com uma fase ausente de reação, seguida de uma resposta do tipo tardia, depois tardia e imediata, somente imediata e culminando com

ESTUDO DA PARTICIPAÇÃO DOS RECEPTORES HISTAMINÉRGICOS CENTRAIS H1 E H2 NO CONTROLE DA INGESTÃO DE ÁGUA.

Resumo: Diversos estudos têm mostrado a participação das vias histaminérgicas cerebrais no controle das funções neuroendócrinas e comportamentais. Entretanto poucos trabalhos foram realizados para esclarecer o papel destas vias no controle hidrossalino. Assim, o objetivo do presente trabalho foi investigar

MARCADORES IMUNOISTOQUÍMICOS DE CÉLULAS B NO DIAGNÓSTICO DE LINFOMA DE HODGKIN

  Disponível em: http://www.bahia.fiocruz.br/igmdisc/?id=mMGKoBroFb6Y1F7 Orientador: Iguaracyra Barreto Oliveira Araújo Defesa: 18/12/2003 Banca examinadora: Maria da Glória Bonfim Eduardo Antônio G. Ramos Iguaracyra Barreto de O. Araújo

MODULAÇÃO DA INFECÇÃO LEISHMANIÓTICA EM MODELO MURINO POR LISADOS E FRAÇÕES DE LISADOS DE AMASTIGOTA DE LEISHMANIA

Disponível em: http://www.bahia.fiocruz.br/igmdisc/?id=lqsCg2UaeDdaOa Orientador: Dr. Lain Carlos Pontes de Carvalho Defesa:02/10/2003 Banca examinadora: Maria Ilma Andrade Santos Araújo Johan Weyenbergh Lain Carlos Pontes de Carvalho

ESTUDO MORFOLÓGICO IN SITU DA RESPOSTA IMUNO-INFLAMATÓRIA NA TUBERCULOSE PULMONAR HUMANA

  Disponível em: http://www.bahia.fiocruz.br/igmdisc/?id=NHS4jSKrW7lnJmc Orientador: Manoel Barral-Netto Defesa: 25/08/2003 Banca examinadora: Álvaro A. Cruz Aristides Cheto de Queiroz Manoel Barral-Netto Currículo Lattes

ANTICORPOS MONOCLONAIS ANTI-LEISHMANIA CHAGASI – PADRONIZAÇÃO DE REAÇÃO IMUNOHISTOQUÍMICA E PRODUÇÃO DE ANTICORPOS VISANDO A QUANTIFICAÇÃO DE ANTÍGENOS

  Disponível em: http://www.bahia.fiocruz.br/igmdisc/?id=tpcD1e3eFSP7uLs Orientador: Lain Pontes de Carvalho Defesa: 31/07/2003 Banca examinadora: Sílvia Inês Sardi José Orivaldo Mengele Júnior Lain Carlos P. de Carvalho

TRANSMISSÃO PERI-DOMICILIAR E FATORES DE RISCO PARA AQUISIÇÃO DE LEPTOSPIROSE DURANTE EPIDEMIAS URBANAS EM SALVADOR, BAHIA.

Resumo: A leptospirose é causada por espiroquetas patogênicas do gênero Leptospira. Estima-se que apenas 10% dos casos clínicos evoluam para formas graves. Tradicionalmente, a leptospirosis é considerada uma doença esporádica associada com fatores de risco profissionais e atividades recreacionais, porém,

AVALIAÇÃO DE ANTÍGENOS RECOMBINANTES CANDIDATOS PARA O DESENVOLVIMENTO DE VACINA PARA LEPTOSPIROSE

Resumo: A leptospirose, causada pela espiroqueta patogênica Leptospira interrogans, é a zoonose de maior distribuição mundial (WHO 1999), atingindo principalmente países tropicais, onde representa um problema importante para saúde pública. Abordagens preventivas, como vacinas eficazes para seres humanos precisam ser